Es.pa.ço s. m. 1. Fís. Extensão tridimensional ilimitada ou infinitamente grande, que
contém todos os seres e coisas e é campo de todos os eventos.
I.ma.gi.ná.rio adj. 1. Que só existe na imaginação. 2. Que não é real. 3. Ilusório. S. m. Escultor de imagens.



quinta-feira, 27 de maio de 2010

Ao mestre...


O Espaço Imaginário está de luto: morreu nesta segunda feira Arthur Arcuri, o maior arquiteto de Juiz de Fora. Arthur Arcuri, filho de Pantaleone Arcuri (pioneiro da construção na cidade) é autor de projetos como o campus da UFJF, o extinto colégio Magister e o Marco do Centenário, além de diversos projetos residenciais. Nascido em uma família que tinha por tradição o trabalho na construção civil, foi pelas suas mãos talentosas que o modernismo se disseminou em Juiz de Fora. Arthur Arcuri deixa não apenas um legado incomparável em termos de arquitetura, mas 97 anos de simpatia e humildade, que podem ser ilustradas em um exemplo simples: quando questionado sobre seu importante papel na história da arquitetura de Juiz de Fora, Arthur Arcuri, a despeito de todo o seu talento, atrbuiu seu pioneirismo ao acaso: "foi apenas uma questão de oportunidade: eu estava no lugar certo, na hora certa"...

Nenhum comentário: