Es.pa.ço s. m. 1. Fís. Extensão tridimensional ilimitada ou infinitamente grande, que
contém todos os seres e coisas e é campo de todos os eventos.
I.ma.gi.ná.rio adj. 1. Que só existe na imaginação. 2. Que não é real. 3. Ilusório. S. m. Escultor de imagens.



quinta-feira, 5 de junho de 2008

Rothko

Hoje na aula de História da Arte assistimos a um vídeo sobre o pintor expressionista abstrato Mark Rothko. Até assistir esse vídeo Pollock era disparado o pintor que eu mais admirava nesse movimento, por causa de um artigo que li uma vez sobre suas obras. Depois de conhecer melhor a vida e a obra de Rothko seus quadros se tornaram muito mais interessantes pra mim (não que eu não achasse interessante antes, mas eu não compreendia direito). Agora penso que Rothko talvez tenha sido o mais humano dos pintores modernos, pela sua tentativa constante e quase obsessiva de transportar para suas telas o sentimento, expressão máxima da condição humana. Confiram alguns dos quadros. E se tiverem a oportunidade de assistir ao vídeo, assistam. Vale muito a pena. (Aliás, eu não sei bem qual o título do filme: me parece que é parte de uma série de programas da BBC, mas eu vou procurar descobrir e posto aqui logo que eu puder)


Não é dramático e intenso? É quase perturbador, mas eu adoro.


Esse é ótimo. Bonito, mas extremamente triste. Parece um lugar completamente isolado e silencioso (quem sabe no espaço sideral?).

Nenhum comentário: